domingo, 30 de março de 2014

ANPAD - Lições aprendidas (parte I)

Seguindo o princípio básico da redação de notícias, planejamento estratégico, etc, o registro das lições começa com as respostas básicas: o que é o teste ANPAD, para quê serve, porque fazê-lo, quando fazê-lo, onde e qual deve ser sua nota.

  • O que é o teste ANPAD?
O teste ANPAD é uma prova realizada pela ANPAD (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração). Ele abrange cinco disciplinas: Português, Inglês, Raciocínio Quantitativo, Raciocínio Lógico e Raciocínio Analítico. São 17 questões de cada disciplina, num total de 85 questões.
  • Para quê serve o ANPAD?
A nota obtida no teste ANPAD é utilizada nos processos de seleção de pós-graduação (mestrado e doutorado) na área de Administração. Atualmente, mais de 100 instituições exigem dos candidatos esta nota (entre elas, USP, FGV, ESPM, PUC-Rio, UFRGS. Confira lista atualizada). Normalmente, ela corresponde à primeira fase da seleção.
  • Quanto devo tirar no ANPAD? Qual deve ser minha nota para passar?
No ANPAD em si não existe "passar". Você não vai ser "eliminado" por uma nota baixa, nem nada assim. Você vai receber uma nota, independente de qual seja.
A nota que você precisa tirar é definida pelo processo seletivo ao qual você deseja concorrer. Há programas que exigem nota mínima de 300 pontos para a mera inscrição. Com menos do que isto, sua inscrição nem é aceita. Para saber as regras do programa que deseja, consulte o edital de seleções anteriores, que normalmente está disponível da página da instituição. Aproveite o embalo e analise as notas dos candidatos aprovados na última seleção.
Você não sabe ainda qual programa quer? Bom, este era mais ou menos o meu caso: eu tinha uma instituição em mente, mas quando fiz o teste ainda estava explorando outras possibilidades. Então, segui um parâmetro simples, baseado na experiência de duas pessoas que haviam feito a prova antes (lições aprendidas!): 400 pontos ou mais. Para a maior parte dos programas, esta é uma nota suficiente para lhe deixar numa posição confortável.
E quanto isto significa em número de acertos? Bom, infelizmente só disponho do meu próprio resultado como dado concreto - na edição de fevereiro de 2014,  foi o seguinte:
  • Raciocínio Lógico - 14 acertos 
  • Raciocínio Quantitativo - 14 acertos
  • Raciocínio Analítico - 14 acertos
  • Português - 14 acertos
  • Inglês - 17 acertos
Total: 73 acertos - Resultado: 600,00 (método antigo) / 528,86 (método novo)
De acordo com o prof. Milton Araújo, para ter uma ideia da nota pelo método antigo basta multiplicar o número total de acertos por 8 e por 9. Os resultados geram o intervalo mais provável para sua nota. Com base no meu próprio resultado, a nota pelo método novo fica um pouco abaixo disto. 
Método novo? Método antigo? É: a metodologia de cálculo da nota mudou. Por enquanto, as instituições definem que metodologia vão utilizar (tem que constar no edital da seleção), e você recebe sua nota calculada das duas formas. A partir de fev/2015, fica apenas o método novo. Mais sobre assunto
  • Quando devo fazer o ANPAD?
Quando você se sentir preparado(a). Digo isto porque fazer uma edição da prova custa R$250,00 (mais informações abaixo) e eu acredito que não dá para desperdiçar dinheiro. Não recomendo fazer o teste "para treinar". Existem dúzias de provas anteriores disponíveis na internet. Elas devem ser o seu treino. Faça a prova quando sentir que tem condições de obter a nota que precisa. 
Para facilitar, organize-se para participar da edição de fevereiro. Conforme ouvi de pessoas que fizeram a prova antes (e professores até), é a edição menos concorrida: a média de acertos dos candidatos é menor do que nas edições de junho e setembro, ou seja, teoricamente é possível obter nota mais alta com um número relativamente mais baixo de acertos. Além disto, caso você não consiga o resultado desejado, ainda terá as outras edições para tentar de novo, antes que a maioria dos processos seletivos comece.
  • Quanto custa o teste ANPAD? 
Inscrever-se para uma edição do teste custa R$250,00. Não há devolução do valor. No entanto, caso você se enquadre nos requisitos sócio-econômicos de baixa renda, pode requerer isenção da taxa. Neste caso, fique atento aos prazos: o pedido de isenção normalmente é enviado (e aprovado) antes que as inscrições sejam abertas.
  • Onde fazer o teste ANPAD?
Os locais de aplicação estão espalhados pelo país, mas em sete estados não há qualquer local disponível (é preciso se deslocar para outro estado). São eles: Acre, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Rondônia, Roraima e Tocantins.
Para mais informações, visite a página da ANPAD. 

No próximo post vou falar do roteiro de estudos, organização de cronograma, bibliografia que usei, etc.

Série completa:

ANPAD - Lições aprendidas (introdução)
ANPAD - Lições aprendidas (parte I)
ANPAD - Lições aprendidas (parte II)
ANPAD - Lições aprendidas (parte III)
ANPAD - Lições aprendidas (conclusão)

25 comentários:

  1. Muito bom! Ano passado fiz a edição de junho, e não fui tão bem. Infelizmente não passei na seleção de mestrado, por que não tinha a intenção de deixar meu trabalho. Fiquei bem chateada no início, mas agora sei que tenho que melhorar tudo, fazer um projeto de pesquisa melhor, aumentar minha nota na Anpad. Desanimei mas não vou desistir. Parabéns pelo seu esforço, a nota foi merecida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você não desistiu! =)

      Sempre é meio desanimador batalhar por algo e não chegar lá, mas aí a gente acerta o prumo, corrige os erros e acaba expandindo os próprios limites!

      Lembro que li algo sobre o aumento significativo da qualidade dos artigos científicos que são rejeitados de primeira - quando são republicados, costumam apresentar resultados bem superiores que os originais. Acho que conosco acontece a mesma coisa =)

      E desta vez, vai deixar o trabalho?

      Excluir
    2. Que história é essa de ter que deixar o trabalho? No me emprego posso ser admitido numa seleção e existem 2 tipos de bolsas, uma deixa a gente se ausentar do trabalho para se dedicar ao curso.

      Excluir
    3. Antonio,

      a pergunta no meu comentário foi para a Estefania, já que antes ela tinha desistido do mestrado por causa do trabalho.
      Quanto a mim, infelizmente no meu emprego não há a possibilidade de me afastar para estudar e continuar recebendo. São os males de ser regida pela CLT...rss...

      Abraço!

      Excluir
    4. VOcê escreve lindamente, você ajuda sem olhar a quem. Não encontrei tão boas palavras à alguém que se prepara para o ANPAD. Deus, ou o o destino vai recompensar você. Um abraço do gelado sul do Brasil.

      Excluir
    5. Amém, Sandrão!!! =D


      Um abraço beeem caloroso aqui do Recife nordestino =)

      Excluir
  2. Eu sou do Quênia e estou querendo fazer o mestrando aqui no Brasil. Depois que vi o seu blog tive a força de dedicar-me mais para ver se vou conseguir passar nessa prova!!!!. Quero fazer essa prova ano que vem em março e por isso tenho que começar estudar já agora.... Obrigado pela força

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ndjabini!!! =)

      O espírito é exatamente esse: quanto mais cedo começarem os estudos melhor!

      Sucesso! =D

      Excluir
  3. Gente, estou amando seu blog!! OBRIGADA MESMO!
    sou novata em tudo nesses assuntos, me interessei em fazer mestrado de uma hora pra outra... Já sou formada em um curso de dois anos e fiz pós... agora estou no último ano de ADM ... Tenho 30 anos e não me vejo sem estudar kkkkk... mas estou bem crua nesses assuntos.. se eu precisar, vc me ajuda em algumas dúvidas!?

    obrigada
    Pollyanna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pollyanna,

      Com todo o prazer! =)
      Manda um email que a gente vai se falando...

      Abraço!

      Excluir
  4. Boa noite!

    Gostaria de fazer o dolwoud da prova, você tem?

    Muito Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Regina!

      Não tenho as provas, mas nos links que deixei nos posts e no grupo Sou Integral (facebook) há uma série delas.

      Abraço! =)

      Excluir
  5. Bom dia! Gostei muito do seu blog...estava perdidinha da Silva quanto algumas questões sobre o ANPAD e etc. Falo isso porque normalmente algumas dúvidas que nos aparece, as vezes parece meio que um absurdo em perguntá-las, pois a resposta parece meio obvia...rsrsrs...Estou terminando minha pós em abril de 2016, e não sei se estarei pronta para a prova do ANPAD de junho ou julho de 2016. Mesmo assim, farei. Faço pós em finanças, e gostaria de mergulhar neste assunto, quanto ao meu pré-projeto para o mestrado. Você teria alguma sugestão?

    Ah...outra questão.

    Vi que alguns pontos que nos ajudam a passar no mestrado, é referente à artigos publicados, ou ser voluntária, ou ser professora...mais ou menos assim...você precisou fazer alguma dessas opções, ou apenas o ANPAD, o pré-projeto, e os documentos solicitados foram suficientes? Porque no meu caso, eu tenho apenas estes tramites que acabei de informar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Oi, Marcia! =)

      Bom...de finanças eu confesso não entender nada, então não posso ajudar muito. Mas como esta linha está presente em diversas instituições (inclusive na UFPE), uma ideia que posso te dar é vasculhar os banco de teses e dissertações para se familiarizar com o que está sendo publicado na área.

      Quanto aos requisitos para passar, isto depende muito da concorrência. No meu caso, eu tinha alguns artigos publicados em congressos, participação em eventos como ouvinte e uma especialização. Junto com a nota do ANPAD e o pré-projeto, foi suficiente para entrar.

      O melhor é pesquisar os currículos daqueles que foram aprovados nos programas em que você está de olho, para deduzir quais seriam as exigências.

      Abraço e sucesso!!! =)

      Excluir
  6. Ola
    O que precisa pra publicar alguns artigos?. Eu vou fazer a prova agora em Fevereiro e logo depois quero publicar alguns artigos.
    Obrigado..

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  9. Esta postagem é muito boa, Rosa. Parabéns. Eu tenho intenção de fazer o Teste ANPAD de Setembro/16. Minha dúvida maior é em relação ao cálculo da nota. Você sabe me dizer se já dá pra ter uma noção mais exata sobre isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eduardo! =)

      Eu estou meio afastada destas questões do ANPAD desde que as aulas começaram, então não tenho informações novas pra ti =/
      Mas acho que nos arquivos do grupo "Sou Integral", no Facebook, já tem uma planilha de cálculo atualizada. Se cadastra lá! ;)

      Um abraço!

      PS: Apaguei os comentários repetidos

      Excluir
  10. Rosa, estou escrevendo para agradecer seus textos, que me ajudaram a organizar meus planos de estudos e esclarecer muitas das minhas dúvidas. Acabou de sair o resultado da prova da ANPAD de setembro de 2016, e consegui um percentual geral de 98,66. Estou muito feliz, e gostaria muito de lhe agradecer, pois sinto que suas palavras serviram para me encorajar e dar forças quando quis desistir.

    Muito Obrigado!

    Um ABraço
    Victor L.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Victor!!! Parabéns!!! =D

      Perdi o seu comentário aqui, desculpa a demora em responder.
      Muita força e luz na sua jornada acadêmica.

      Abraço!

      Rosa

      Excluir
  11. Como você fez pra administrar o tempo da prova e por qual prova você começou? Tenho essas dúvidas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Como eu estava bem ansiosa pela prova de Raciocínio Lógico, comecei por ela. Depois fui para a de Português e Raciocínio Quantitativo, nessa ordem. Em RQ demorei muito, como expliquei na série, o que deixou bem pouco tempo para Analítico e Inglês. Inglês foi a última, que tive que responder às avessas: não li o texto - fui direto para as questões e lia só o que interessava para responder.

      Um abraço!

      Rosa

      Excluir